CeNTI

Automóvel & Aeronáutica

Soluções digitais disruptivas e sustentáveis para impactar a performance e o conforto da mobilidade

As Indústrias Automóvel e Aeronáutica estão em constante evolução, tendo elevado impacto no crescimento económico da Europa. No entanto, nos últimos anos, com a crescente demanda para a neutralidade carbónica, estes setores têm enfrentado vários desafios económicos, sociais e ambientais, conduzindo à necessidade de adoção de novas competências, medidas e estratégias, para dar resposta às especificidades, exigências e tendências de mercado, bem como acompanhar a evolução e o crescimento.

O setor Automóvel tem de dar resposta, em simultâneo, aos desafios da transição verde e digital, e à crescente procura por veículos autónomos, com melhor desempenho, mais leves, seguros e confortáveis, repletos de tecnologia e conectividade. 

O CeNTI tem estado envolvido em vários Projetos de investigação e inovação focados no desenvolvimento de soluções disruptivas baseadas em Nanotecnologia, Materiais Avançados e Sistemas Inteligentes, que permitam aos seus parceiros e clientes a exploração de produtos e processos diferenciadores e, em alguns casos, a entrada em novas áreas de aplicação.

O desenvolvimento de materiais de origem biológica mais sustentáveis para substituição de materiais de origem fóssil, bem como a reutilização de materiais através do seu reprocessamento e a valorização de resíduos e subprodutos agroindustriais em novas matérias-primas, promovendo a circularidade, têm sido um dos pilares da inovação realizada no CeNTI. Também novos materiais (aditivos), acabamentos e revestimentos com o intuito de conferir ou melhorar propriedades funcionais aos substratos onde são incorporados, tais como self-healing, fácil limpeza, repelência a água e outros líquidos, anti-gelo/de-icing, anti-fingerprint, entre outras, têm sido desenvolvidos com o intuito de prolongar a vida útil dos produtos.

Outro foco tem sido a criação de soluções vanguardistas e inteligentes em termos de arquitetura intrínseca de estruturas poliméricas ou base têxtil, focando-se quer no efeito decorativo, quer no conforto. Uma das apostas tem sido a funcionalização e sensorização de superfícies poliméricas com incorporação direta nos processos de injeção. Alguns exemplos consistem no desenvolvimento e integração de soluções de aquecimento, iluminação e displays impressos, interfaces visuais de informação e/ou alerta, bem como sensores impressos e flexíveis de toque, temperatura e presença.

Automóvel & Aeronáutica